Programa de captação é apresentado ao trade de Ribeirão Preto e região.

O Programa de Apoio à Captação e Promoção de Eventos do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) foi apresentado na manhã de hoje, durante o “Seminário de Turismo”, realizado pelo Ribeirão Preto e Região Convention & Visitors Bureau. Durante o evento, a gerente de Congressos, Negócios e Incentivo da Embratur, Maria Katavatis, detalhou o trabalho que o instituto realiza para atrair eventos internacionais para o Brasil. Na ocasião, os participantes também puderam conhecer melhor todas as estratégias e ações da Embratur para divulgar o país como destino turístico no exterior. “O objetivo vai além de sediar um grande número de eventos: é também diversificar as cidades que recebem, prolongar a permanência do turista, ampliar o volume de divisas geradas e beneficiar as economias e sociedades locais”, disse Katavatis. A gerente apresentou a evolução dos eventos internacionais realizados no país. O Brasil se manteve pelo quarto ano consecutivo entre os dez principais destinos para a realização de feiras e congressos internacionais do mundo, segundo o ranking da International Congress and Convention Association (Icca), referente a 2010. Com 275 eventos e na nona colocação, o país consolidou sua posição entre os Top 10 e amplia as expectativas de investimentos que se abrem com a realização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016. Katavatis lembrou que, desde 2003, quando a Embratur passou a responder pela promoção do Brasil no exterior, o número de eventos internacionais no país aumentou em mais de quatro vezes (443%) – eram 62 – e mais do que dobrou o número de cidades que passaram a sediar encontros desse porte (de 22 para 48 cidades brasileiras, em 2010). O resultado mostra a força do setor de eventos brasileiro, em um cenário tão competitivo como o deste segmento em nível internacional. “De lá para cá, com uma política de captação consistente, caminhamos bastante. Para continuarmos com bons resultados, contamos com o envolvimento de todos os atores do segmento, principalmente da rede de Convention & Visitors Bureaux”, finalizou a gerente. O caminho da captação – Para captar um evento internacional associativo, o primeiro passo é identificar, entre as associações profissionais brasileiras, quais podem apresentar a candidatura de uma cidade brasileira na entidade mundial ou global ao qual é associada. A partir daí, a Embratur procura a entidade ou Convention Bureau, para começar o processo de captação. As principais ações do programa incluem a coordenação e a confecção de dossiês de candidatura, a apresentação da cidade que pretende sediar o encontro para os membros da comissão internacional que toma a decisão sobre a cidade-sede, a produção de material promocional próprio do evento e, ainda, o envio de material sobre o Brasil para dirigentes de associações internacionais que potencialmente possam realizar os eventos no país. A Embratur trabalha em parceria com os Convention Bureaux, entidades de classe, órgãos e conselhos profissionais, governos estaduais e municipais.

Compartilhe

Deixe uma resposta