Madrid Fusión 2014 – Caleidoscópio Gastronômico

Na 4ª feira, 29 de janeiro, terminou o XII Congresso Gastronômico Madrid Fusión. Tendo participado da cobertura do evento em 2013 confesso que me surpreendi com a efervescência desta edição da feira que a imprensa espanhola qualificou como a melhor dos últimos anos pela energia, vigor e entusiasmo dos participantes e do público. Madrid Fusión carrega no próprio nome a profusão de culturas, sabores, aromas, texturas e cores expressas na linguagem gastronômica que representa. São três dias de evento em que chefs consagrados e outros aspirantes ao estrelato Michelin, aprendizes de cozinha, estudantes de gastronomia, profissionais do setor de alimentação, especialistas e críticos gastronômicos, jornalistas, gourmets e o público apreciador da boa mesa se reúnem na capital espanhola para celebrar esta que é uma das mais antigas expressões culturais da humanidade. O festival gastronômico contou com a assistência de mais de 3.500 pessoas por dia de evento, com 650 jornalistas credenciados, sendo 150 da imprensa internacional. Foram 57 conferencistas internacionais procedentes de 15 países e mais de 100 chefs espanhóis e estrangeiros. Em uma verdadeira babel de culturas unidas pela gastronomia. O evento a cada ano que passa ganha em glamour… A impressão é de se estar em uma passarela da moda ao estilo Fashion Week. Em lugar dos estilistas e de suas esguias top models vestindo os modelos das mais glamorosas maisons, estão os top chefs e suas criações. No auditório onde aconteciam os chamados “talleres magistrales” (oficinas de cozinha) cada prato preparado ao vivo era levado à passarela para ser fotografado avidamente por um batalhão de fotógrafos. De dar inveja a qualquer Gisele Bunchen… Neste verdadeiro caleidoscópio gastronômico que é Madrid Fusión há espaço para tudo e para todos. Da simplicidade que dá universalidade aos pratos da tradicional cozinha mediterrânea. Do exótico da sempre presente cozinha japonesa. Das essências das flores e plantas aromáticas holandesas. Da inovação embebida na tradição dos chefs da nouvelle cuisine espanhola. Da impressionante diversidade e riqueza da cozinha andina que o mundo começa a descobrir que não é “apenas” a excepcional comida peruana… Da criatividade urbana geométrica e complexa dos chefs flandres a tradição rural. Agora passada mais uma Madrid Fusión começa a digestão das tendências e do conhecimento ali compartilhados nesta celebração a vida que é a gastronomia. Que venha a próxima Madrid Fusión para nos encher uma vez mais de aromas, sabores e cores. Fonte: Magic Window, textos e fotos: Luiz Alfredo Santos

Compartilhe

Deixe uma resposta