Boeing e Embraer confirmam tratativas iniciais

A Boeing e a Embraer confirmaram que as empresas encontram-se em tratativas em relação a uma potencial combinação de seus negócios, cujas bases ainda estão em discussão.

Não há garantias de que estas discussões resultarão em uma transação. Embraer e Boeing não pretendem fazer comentários adicionais a respeito das discussões.

Qualquer transação estará sujeita à aprovação do Governo Brasileiro e agências reguladoras do Brasil, bem como dos respectivos conselhos e dos acionistas da Embraer.

Perspectivas Futuras estão sujeitas a Risco e Incerteza

Certas declarações neste release podem ser declarações de perspectivas futuras.  Muitas vezes, mas nem sempre, as declarações futuras podem ser identificadas pelo uso de palavras como “planos”, “espera”, “esperado”, “agendado”, “estima”, “pretende”, “antecipa” ou “acredita”  “Ou variações de tais palavras e frases ou afirmam que certas ações, eventos, condições, circunstâncias ou resultados” podem “,” poderia “,” seria “,” pode “ou” será “ser tomado, ocorrer ou ser alcançado. As declarações futuras por sua natureza abordam assuntos que são, em graus diferentes, incertos. Muitos riscos, incertezas e outros fatores, muitas vezes fora do nosso controle, podem fazer com que os resultados reais difiram materialmente dessas declarações futuras, incluindo, além dos fatores anteriormen te divulgados nos relatórios da Boeing e Embraer arquivados na SEC e outros identificados neste release, assim como riscos relacionados a uma potencial combinação estratégica. A Boeing e a Embraer não podem garantir que essas perspectivas futuras se revelem corretas. O leitor não deve confiar totalmente em tais declarações futuras, pois informações aqui contidas referem-se apenas ao material divulgado neste release. A Boeing e a Embraer renunciam a qualquer intenção ou obrigação de atualizar ou revisar quaisquer declarações de perspectivas futuras, seja como resultado de novas informações, eventos futuros, condições, circunstâncias ou de outra forma, exceto conforme exigido pela lei vigente. Por favor, consulte outras divulgações que a Boeing e a Embraer venham a realizar sobre este tema ou outros relacionados a ele, caso tal divulgação aconteça, em relatórios enviados à SEC.

Compartilhe