Hotel Majestic é referência do mercado de turismo de luxo

O Brasil é um país com muito glamour inexplorado quando o assunto é luxo. Com uma população de mais de 170 mil milionários, ocupamos a 11ª posição no ranking mundial de pessoas detentoras de altíssimos patrimônios líquidos, liderando a América Latina nessa categoria.Não é por menos que as grandes marcas de luxo internacionais estão de olho no nosso mercado consumidor e têm chegado com força ao país. A estimativa é que o mercado de luxo no Brasil cresça 25% nos próximos cinco anos.Quando o assunto é turismo de luxo, também temos um forte mercado em crescimento. Segundo um relatório da Pangaea Network, somos um dos países favoritos a despontar como destino diferenciado nos próximos anos. Mas será que estamos preparados para isso?A qualidade da hotelaria e dos serviços turísticos por aqui deixa a desejar neste quesito. Segundo o BLTA (Brazilian Luxury Travel Association), a expectativa é dobrar o número de associados. A dificuldade está em não existirem muitos hotéis com este perfil no Brasil.A maioria deles está no eixo Rio – São Paulo, a oferta de luxo nas outras regiões é muito escassa. Quem perde com isso é o turista, que deixa de ir a outros lugares belíssimos por não encontrarem a infraestrutura que desejam. Muitos acabam viajando para outros países ao invés de explorar o Brasil, que é o número um do mundo em riquezas naturais e o 23º em riquezas culturais.Quando idealizamos Majestic, eleito recentemente o melhor hotel de Natal pelo site Booking.com e o 11º melhor hotel do Brasil segundo a TripAdvisor, optamos por realizar uma pesquisa de mercado para posicionar nosso empreendimento de acordo com a expectativa do público.A ideia inicial era construir um hotel quatro estrelas à beira mar, mas a pesquisa mudou os rumos do Majestic. Natal tem uma das maiores ofertas hoteleira do país com cerca de 30 mil leitos. A maioria dos empreendimentos tem o mesmo estilo: rústico e praiano. Para ter um diferencial era preciso inovar. Decidimos, então, entrar com força no mercado de luxo.Trouxemos para o Majestic o estilo clássico encontrado nos melhores empreendimentos do mundo, com sofisticação nos mínimos detalhes. Mas nossa maior preocupação é com a qualidade do atendimento. Queremos que o hóspede se sinta atendido em tudo que desejar e da forma que espera.Optamos por ser exclusivo e para poucos. O resultado não poderia ser melhor: com pouco mais de um ano de funcionamento o hotel teve 95% de ocupação na última temporada. É interessante também perceber que as notas dos hóspedes dadas ao Majestic são superiores ao glamouroso Copacabana Palace.Isso é o que espera o turista de luxo: exclusividade, diferencial, bom atendimento e sofisticação. Para não ir na contramão dos números, o setor de turismo deve começar a olhar com mais carinho para o turismo de luxo. Só assim ganharemos a concorrência internacional deste segmento com o nosso próprio mercado interno. Majestic Natal: um cinco estrelas exclusivo e para poucosO hotel Majestic Natal é referência na região nordeste do Brasil quando o assunto é luxo e conforto. Logo na entrada, os hóspedes são surpreendidos por um enorme lustre de cristais que leva 148 lâmpadas e tem três metros de altura. “A peça veio do sul da França. Tínhamos que ter um ícone e este lustre foi o escolhido”, conta Abdon Gosson, diretor do hotel Majestic Natal.O hotel é classificado como cinco estrelas e possui apenas 135 apartamentos decorados com elegância em detalhes que atendem ao mais exigente dos clientes. “Queríamos fazer um hotel exclusivo e para poucas pessoas”, diz Gosson.Ao todo, são oito andares que garantem a infraestrutura necessária para os hóspedes, como luxuosas acomodações, piscina, cozinha bebê, salão de jogos, sala de eventos, estacionamento privativo e academia.Entre os destaques do Majestic está o restaurante La Brasserie de La Mer, filial do restaurante paulistano que se encontra nas dependências do hotel, possui um cardápio requintado e é frequentado por influentes personalidades do Rio Grande do Norte. Pouco tempo após ser inaugurado, já era considerado o melhor restaurante da capital potiguar.O hotel é vencedor de diversos prêmios, entre eles o de melhor da rede Best Western na América Latina. O prêmio “Best of the Best 2012” foi conferido ao hotel após o cumprimento de uma minuciosa lista de padrões de qualidade. A Best Western é a maior rede de hotéis independentes do mundo.“Receber este prêmio foi o reconhecimento de um trabalho feito com muito carinho e capricho. Inauguramos o hotel há pouco e o prêmio só nos fortalece para continuar neste caminho, com a responsabilidade ainda maior diante dos nossos clientes de surpreendê-los a cada dia”, diz Abdon Gosson.Além deste reconhecimento internacional, o hotel também foi eleito pelo site TripAdvisor como o 11º melhor do Brasil. “Todos estes prêmios são importantes para medir se nosso trabalho vem satisfazendo nossos hóspedes”, revela Abdon Gosson.O Majestic foi inaugurado em março de 2012 e é o único hotel verde em Natal. A preocupação com a reciclagem, economia de energia e de água é constante. A fachada do hotel foi idealizada de forma a facilitar sua manutenção e aproveitar a luz solar que é abundante na cidade. “Ser luxuoso também significa ser sustentável. Todos os grandes hotéis do mundo tem tido essa preocupação”, finaliza Gosson.O nome Majestic é uma homenagem a um antigo hotel que existiu na cidade na década de 1910. A casa é a única no Rio Grande do Norte em estilo “art nouveau” e atualmente é tombada pelo Patrimônio Histórico do Estado.

Compartilhe

Deixe uma resposta