Eventos captados pelo São Paulo CVB devem atrair 214 mil turistas até 2020

Com os eventos realizados em 2016 somados aos confirmados até 2020, São Paulo registra 76 eventos que foram captados com apoio do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB). Um levantamento produzido pela entidade, fundação sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada que visa aumentar o fluxo de visitantes em São Paulo, mostra que esses eventos devem atrair juntos um público de 214 mil participantes, incrementando a economia do destino.O estudo analisou o impacto gerado pelos eventos captados no turismo da cidade no período. Com eventos internacionais, os visitantes de outros estados e países devem gerar uma receita de R$64 milhões. Em eventos nacionais, os turistas devem impactar em R$88 milhões. Juntos, somam uma arrecadação de R$7,6 milhões em Imposto Sobre Serviço (ISS) em hospedagem.Toni Sando, Presidente Executivo do SPCVB, explica que os números devem aumentar. “Este é um fechamento prévio. O trabalho de captação de eventos nacionais e internacionais é constante e os resultados podem ser de curto, médio e longo prazo, dependendo da data de realização”. Calcula-se que, em 2016, os eventos captados com apoio do SPCVB geraram uma movimentação de R$49,3 milhões com visitantes. “Para 2017, está previsto que seja superada a arrecadação de 2016, 34% a mais na movimentação econômica e em ISS”, comenta Toni Sando.A entidade ainda apoia e dá suporte para a realização de outros eventos, gerando oportunidades de negócios, fornecendo material promocional e divulgando o encontro por meio de seus canais de comunicação. “A cadeia produtiva é extensa. Participantes, sejam de outras cidades ou países, sejam moradores, precisam de transporte, alimentação, entretenimento e muito mais. Os organizadores demandam de montadoras, centros de convenções, mídia, etc. O que apresentamos é apenas uma parcela dos resultados. São Paulo segue em primeiro lugar no ranking da International Congress and Convention Association (ICCA) entre os destinos brasileiros que mais realizam eventos internacionais e, em 13 anos de trabalho de pesquisa e captação de eventos e inclusão pelo SPCVB no banco de dados, foi da 80ª posição para a 29ª do mundo”, completa Toni Sando.O levantamento foi realizado com base em relatórios do Observatório do Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo e do Calendário de Eventos SPCVB, considerando os gastos médios dos visitantes nacionais e internacionais e o tempo de estadia dos eventos captados realizados em 2016 e os confirmados de 2017 a 2020.Dados com eventos confirmados até o momento.

Compartilhe

Deixe uma resposta