Accor exerce direito de preferência para compra do Sofitel Copacabana

A Accor, proprietária da rede hoteleira francesa Sofitel, decidiu exercer seu direito de preferência para a compra do imóvel do Sofitel Rio de Janeiro Copacabana, um dos hotéis mais prestigiosos e luxuosos da orla da Cidade Maravilhosa e um dos principais da Accor no Brasil, no qual o grupo possui operação desde 1996.Como forma de assegurar o pagamento à Veplan – proprietária do imóvel – e aos seus credores, o grupo apresentou à Justiça as garantias bancárias necessárias para a aquisição do prédio no valor de R$ 184 milhões, com a melhor proposta oferecida pelo imóvel.A Accor, na condição de locatária e por força de lei, sempre teve o direito de preferência para a aquisição do imóvel e optou por exercê-lo formalmente. Em 2008 e em junho de 2011, o grupo também já havia se manifestado para lembrar seu direito de preferência.“A Accor tem uma posição juridicamente muito forte e preenche todos os requisitos necessários para ter reconhecido esse direito. O grupo confia plenamente na Justiça e na sua condição jurídica para ter seu pedido atendido”, afirma Marcelo Carpenter, advogado do escritório Sergio Bermudes, que representa a Accor.A Accor é locatária do Sofitel Rio de Janeiro Copacabana há 15 anos e o contrato firmado com a Veplan tem vigência até 2021. Responsável pela administração e operação do empreendimento, o grupo assumiu o hotel em situação precária e, para garantir uma posição de mercado privilegiada, já desembolsou, com recursos próprios, mais de R$ 35 milhões em reformas e benfeitorias no imóvel. A Accor tem planos para investir mais R$ 30 milhões para concluir a modernização do hotel e consolidá-lo como um marco da hotelaria carioca.Desde 2006, o hotel registrou excelente progressão em seus resultados, com crescimento de mais de 80% da receita e aumento de 10 pontos na taxa de ocupação. Nos últimos anos, o Sofitel Rio de Janeiro Copacabana recebeu o reconhecimento de diversos guias e publicações renomadas em viagem e turismo, tanto em âmbito nacional quanto internacional. Dentre eles destacam-se as três estrelas, cotação máxima, nos guias Quatro Rodas (desde 2008) e Frommers. Em 2009, o Sofitel entrou para a lista de hotéis recomendados pelo Guia Verde Michelin – Rio de Janeiro, na qual recebeu elogios pela excelente localização, luxo, quartos com varanda e vista privilegiada.O restaurante gastronômico do hotel, Le Pré Catelan, um dos mais bem conceituados no roteiro gastronômico brasileiro, já recebeu mais de 20 prêmios nos últimos anos, entre eles a cotação máxima nos Guias Quatro Rodas e Frommers Brasil, além dos títulos de “melhor restaurante francês do Brasil” e “melhor restaurante do Rio de Janeiro”, ambos pelo Guia Quatro Rodas 2011. Roland Villard, Chef Executivo do restaurante desde 1997, é conhecido por sua simpatia e qualidade e criatividade dos menus que prepara, com surpresas que exploram os genuínos sabores dos ingredientes. Villard está envolvido no processo de implantação da primeira filial da renomada escola de culinária francesa, Cordon Bleu, no Brasil. Segundo o chef Villard, será a primeira vez que a Cordon Bleu abrirá para alunos carentes, uma iniciativa que, diz, irá valorizar a gastronomia nacional.

Compartilhe

Deixe uma resposta