Alemanha festeja recorde: mais de 80 milhões de pernoites internacionais

O DZT – Centro de Turismo Alemão comemora o registro, pela primeira vez, de mais de 80 milhões de estadias internacionais. Segundo a diretora da instituição no Brasil, Margaret Grantham, “trata-se do sétimo recorde consecutivo, algo que sinaliza, sem sombra de dúvidas, de que a atividade turística segue forte em seu crescimento”. De janeiro a dezembro de 2016, o Serviço Federal de Estatística da Alemanha contabilizou 80,8 milhões de pernoites de estrangeiros em estabelecimentos com um mínimo de dez leitos, o que representa um aumento de 1,1 milhões de estadias em relação a 2015 e crescimento de 1,4% no volume do turismo germânico. De acordo com a comissária do Governo Federal para o Turismo e secretária de Estado Parlamentar no Ministério Federal da Economia e Energia, Iris Gleicke, “o destino Alemanha está desfrutando de popularidade contínua entre os visitantes estrangeiros e este novo recorde reflete a força da nossa indústria do turismo”.

 

Em termos gerais, a Europa continuou a ser a maior região emissora de turistas para o destino Alemanha, sendo responsável por 73,7% do índice alcançado e registrado aumento de 1,9% em relação a 2015. Com redução de 1,1%, a Ásia está um pouco abaixo do valor comparativo do ano anterior, enquanto a América assinalou ligeiro aumento de 1,2%.

Aliança

As chamadas Cidades Mágicas (Magic Cities) da Alemanha, que a cada ano atraem um número maior de brasileiros, acabam de criar uma aliança. O objetivo é, a partir dessa integração, atuar sob uma nova estratégia de marketing com foco dirigido para três mercados: Brasil, China e Estados Unidos. Conforme explica a diretora do DZT no Brasil, Margaret Grantham, alguns temas anuais foram definidos para promover as cidades que integram o circuito e o website da aliança ganhou um lay-out mais atraente, moderno e com linguagem clara e simples (https://www.magic-cities.com/). “Desde 2016, as Cidades Mágicas trabalham com temas. Neste ano, temos Arquitetura e Lifetyle Urbano e, para 2018, Automóvel e Culinária”, antecipa a dirigente, complementando que o website da associação também conta com uma versão em português para celulares.

Desde 2015, a Associação Cidades Mágicas conta com Dresden, Düsseldorf, Frankfurt, Hamburgo, Hannover, Colônia, Leipzig, Munique, Nurenberg e Stuttgart. Em comum, todas desejam fortalecer sua imagem e, com isso, gerar maior crescimento de pernoites junto aos mercados prioritários. Vale lembrar que, em toda a Alemanha, as Cidades Mágicas concentram 40% de todos os pernoites de estrangeiros no país.

Compartilhe

Deixe uma resposta