Ciudad Vieja de Montevidéu ganha site

Circular pelo bairro mais antigo da cidade de Montevidéu ficou ainda mais fácil. Apoiado pela marca país Uruguay Natural, o portal “Viví Ciudad Vieja” (vivíciudadvieja.com) traz todas as informações sobre o centro histórico para os visitantes, por meio de um mapeamento de toda a região.

A nova página do bairro disponibiliza todas as informações uteis para organizar um prático roteiro com opções de A a Z. São quase 100 restaurantes, 50 hotéis, 20 museus, operadoras de turismo, 40 pontos turísticos como teatros, praças, monumentos, mercados, além de dicas de onde comprar, quais tours realizar, as datas de eventos e espetáculos que acontecem a cada dia.

O conceito do portal foi elaborado com base nos de outras localidades como Europa e Estados Unidos. A nova ferramenta unifica as informações mais importantes da viagem, economizando o tempo de pesquisa sobre determinado tema e torna prática a escolha do roteiro a ser traçado. Confira:www.viviciudadvieja.com

Breve história da Ciudad Vieja

A Cidade Velha de Montevidéu tem origem em 1724, com o início das obras de fortificações da cidade. O processo fundacional, iniciado pelos espanhóis, se consolidou em 1730 e o atual bairro recebeu o primeiro Cabildo ou Conselho Administrativo do novo povoado. Além dele, dois fortes e uma muralha protegiam a cidade, o forte Cidadela – atual Praça Independência, e outro que atualmente é a Praça Zabala, um dos principais pontos de visitação do bairro que possuijardins ao estilo parisiense idealizados pelo projetista e arquiteto francêsEduardo André.

Os fortes foram destruídos no início do século XIX, após um decreto de 1829, juntamente às muralhas que faziam parte do projeto de fortificação da cidade. Do forte Cidadela foi preservada uma porta de entrada, mantida atualmente como monumento na entrada da Cidade Velha. Junto ao Rio da Prata também se preserva uma pequena bateria fortificada de planta circular.

A praça principal do bairro, derivada da Plaza Constitución, é conhecida como a Plaza Matriz colonial, onde está a antiga igreja matriz, construída em 1790 (atualmente Catedral Metropolitana de Montevidéu) e o centro administrativo da cidade colonial, o Cabildo de Montevidéu.

O bairro foi batizado por Ciudad Vieja, quando a nova cidade começou a ser projetada e construída. Mais informações: www.uruguaynatural.com

Compartilhe