Férias de julho? Sustentabilidade? Pantanal!

Se é para pensar em férias de julho, porque não pensar em sustentabilidade em meio as belíssimas paisagens do Pantanal Mato-grossense? Fundada em 1989, a Pousada Piuval poderia ter ficado parada no tempo usufruindo apenas de todos os exuberantes cartões portais da natureza que a rodeiam para atrair o turista, porém decidiu ser coerente com a própria natureza e adotou iniciativas sustentáveis que acabaram rendendo recentemente o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018 nas categorias Meio de Hospedagem e Top Sustentabilidade.

Instalada a 110 km de Cuiabá e a 10 km de Poconé, no Mato Grosso, a pousada pantaneira que está para completar 30 anos, agora é também uma referência em sustentabilidade. Entre as ações da hospedagem estão a coleta e separação do lixo para reciclagem; recolhimento da água da chuva para reuso na jardinagem; reutilização das águas cinzas, do chuveiro, da pia e do ar condicionado, que são tratadas e voltam para o vaso sanitário; placas solares instaladas no teto de um dos blocos captam energia para os chuveiros elétricos; bloqueadores de energia nos quartos e lâmpadas de LED. Dos 20 apartamentos da hospedagem, dez seguem princípios da arquitetura sustentável, com madeira de reflorestamento. Para reduzir o lixo foi estabelecido boas práticas na cozinha, o que também garante a segurança alimentar dos hóspedes.

Para Eduardo Eubank, diretor do empreendimento, os valores agregados a pousada com estas iniciativas são inigualáveis. “Cada vez mais os turistas valorizam a sustentabilidade e por isso optam pelo nosso estabelecimento. A sustentabilidade é uma escolha que todos devem fazer, com esse prêmio nos tornamos um exemplo a ser seguido”.

Com todo um sistema voltado para a preservação do meio ambiente, a Pousada Piuval foi reconhecida como sustentável pela norma 15401 da ABNT, em parceria com o MTur. Segundo Eubank toda equipe de funcionários da pousada é composta por membros da comunidade local e todos abraçam a causa e se preocupam com a sustentabilidade do negócio. Disposta a inserir a comunidade local em seu progresso, a pousada também desenvolve ações socioculturais e é parceira do projeto guia mirim, para formar novos guias de turismo em Poconé.

Pantanal, Pousada Piuval, foto divulgação.

A pousada recebe turistas do mundo todo e muitos deles bastante preocupados com a sustentabilidade. Eduardo explica que depois que adotou as medidas ecologicamente corretas a hospedagem passou a ter mais aceitação e avaliações positivas dos hóspedes. “Estamos instalados no meio do Pantanal, por isso, nossa obrigação é proporcionar passeios no meio da natureza de forma que preserve o ambiente e mantenha a fauna e a flora intacta”, destaca Eduardo.

Com uma história familiar, a pousada se originou da fazenda Ipiranga que recebeu uma primeira leva de estrangeiros em 1989 e cresceu gradualmente com aprendizado prático no negócio conduzido pela família Campos: os pais, João Losano e Dioripes, estão à frente da empresa, com os filhos João Losano Júnior, Beatrice e Eduardo. O caçula Eduardo, que se formou em Administração foi responsável, em 2004, por profissionalizar a empresa, separando a gestão da pousada da fazenda da família. Hoje com mais de 30 funcionários, a Pousada Piuval já é Empresa de Pequeno Porte (EPP) e venceu, em 2016, o Prêmio MPE Brasil – concedido anualmente pelo Sebrae e pelo Movimento Brasil Competitivo – nas categorias Responsabilidade Social e Turismo.

Para saber mais informações, acesse: www.pousadapiuval.com.br/.

Compartilhe