Pernambuco dialoga sobre privatização do aeroporto do Recife

O deputado federal por Pernambuco, Felipe Carreras assumiu, nesta quarta-feira (18), a vice-presidência da Comissão de Turismo na Câmara dos Deputados, em Brasília. Logo no primeiro dia como vice-presidente, Carreras confirmou a Audiência Pública que vai discutir a forma de licitação do Aeroporto Internacional do Recife para a próxima quarta-feira (25). A intenção é discutir o modelo de desestatização proposto pelo Governo Federal.

O deputado pernambucano quer garantir que os investimentos da empresa privada que ganhar a disputa sejam destinados da forma correta para o Aeroporto. “Estamos no mesmo lote que cinco outros aeroportos, de menor movimentação e deficitários. Recife hoje possui um dos melhores equipamentos do Brasil, elogiado por passageiros e sempre presente entre os primeiros colocados nas pesquisas de satisfação. Tudo graças ao trabalho dos centenas de funcionários que se dedicam a melhorar a cada dia a qualidade do serviço e uma boa experiência por parte dos usuários. Quem garante que vamos receber os investimentos de forma correta e proporcional? Não é coerente entregar um dos maiores orgulhos de Pernambuco de qualquer forma”, afirmou Carreras.

Uma das bandeiras levantadas pelo deputado é a manutenção dos cargos dos funcionários da Infraero que estão trabalhando, atualmente, no Aeroporto. A intenção é que eles tenham, pelo menos, um período de estabilidade, mesmo na empresa privada. “Estamos falando de centenas de famílias. Essas pessoas precisam ser respeitadas e ter a tranquilidade que permanecerão nos seus postos de trabalho, afinal o Aeroporto do Recife é um case de sucesso e tem colaborado para o desenvolvimento de Pernambuco”, comentou.

Importante ressaltar que a forma de licitação que está sendo utilizada para o Aeroporto do Recife, em lote com outros cinco equipamentos, foge do que o Governo Federal vinha utilizando até o momento. Os aeroportos de Fortaleza e de Salvador, por exemplo, foram licitados individualmente.

Compartilhe